Prados de sequeiro biodiversos (C1)

Melhoria, instalação e operação de prados de sequeiro biodiversos


O prado de sequeiro biodiverso possui as seguintes vantagens perante os impactos previsto das alterações climáticas:

  • O elevado número de espécies utilizado neste tipo de pastagem (rico em espécies de Poaceae, também conhecidas como gramíneas) garante uma maior variabilidade, aumentando a taxa de sobrevivência e, portanto, a manutenção do ecossistema;
  • Fornece uma ampla gama de serviços de ecossistemas, como a conservação do solo devido ao seu sistema radicular;
  • Além da adaptação climática, esses ecossistemas também contribuem para a mitigação das alterações climáticas, incluindo sequestro de carbono;
  • Nas cidades constitui uma ferramenta importante para a redução do consumo de água e atuar como uma alternativa válida para os relvados exigentes de rega, tendo, simultaneamente, taxas elevadas de captação de CO2 e NO2 no solo;
  • Contribui para uma composição do solo mais estável, com resultados positivos na retenção de água, atuando como uma estrutura de esponja.

Envolve duas sub-acções:

  • 2,6 ha de prado de sequeiro biodiverso convertido (Bela Vista)

O objectivo é o enriquecimento das pastagens de sequeiro existentes no Parque da Bela Vista, que no momento não são ricas em gramíneas (Poaceae).

Esta sub-ação iniciou durante o outono de 2019, após as primeiras chuvas, a fim de garantir o sucesso da sementeira e a produção de sementes.

  • 8 ha de prado de sequeiro biodiverso semeado (Bela Vista e Alto da Ajuda)

Esta sub-ação tem como alvo as pastagens ruderais existentes no Parque da Bela Vista e Alto da Ajuda.

Esta sub-ação  inicia durante o outono de 2020, após as primeiras chuvas, a fim de garantir o sucesso da sementeira e a produção de sementes.

Nessas áreas é necessária uma intervenção no segundo ano que abranja uma segunda sementeira e fertilização direta.

No caso da área do Parque da Bela Vista, testa-se também a instalação e sustentabilidade desse ecossistema em áreas de alta pressão, pois é nessa área que o evento “Rock in Rio” costuma ocorrer 2 em 2 anos.
 



Prazo: começou a ser semeado em outubro 2019 e está previsto acabar em dezembro 2021.